quinta-feira, 15 de março de 2012

Muito estranho...


MUITO ESTRANHO...

Penso que dormi ao volante. Quando o carro capotou fui jogado fora do veículo numa pirambeira sem fim. Por incrível que pareça não sofri um único arranhão, nenhuma dor, nenhuma luxação. Segui por uma trilha e encontrei uma casa escondida entre a densa vegetação. Fui atendido por uma senhora muito simpática que me convidou a entrar na moradia. A habitação lembrava um armazém daqueles antigos, tinha exposto no ambiente desde penicos a cadeiras de balanço. A proprietária explicou-me que apesar do nome “Jesus te Ama”, a vendinha era um ponto de comércio para os moradores da floresta.

Perguntei se havia algo para matar a fome e ela solícita respondeu-me; - “Temos hóstias, como sempre!”, “Nunca ouvi falar que alguém coma hóstia no almoço!” disse eu. “Pois vá se acostumando que por aqui é assim mesmo, temos hóstias de vários sabores, tais como feijoada, dobradinha, estrogonofe, frango assado, manjuba frita, sashimi para japoneses e sabor quibe para árabes.”, “E para beber?” perguntei. “A bebida de sempre, Água Benta! Já percebi que o senhor é novo por estas bandas, temos Água Benta sabor cerveja, vinho, limão, uva e de muitas outras frutas.”, “Tem sabor cachaça, para abrir o apetite?” me interessei. ”Não! Este sabor o senhor só vai encontrar mais no interior da mata, num boteco chamado Porta do Inferno, é a especialidade da casa por lá.”

Meu Bonje! Morri e estou num outro mundo, pensei. Pessoas comendo hóstias e bebendo água benta, coisa de louco! Nem pensar em tomar uma cachacinha... Porta do Inferno! To fora. Prestei atenção ao que me cercava e notei que quase tudo que estava exposto no armazém era coisa antiga, coisas que não mais existiam em minha época histórica... Como sair deste labirinto, deste tempo que não é meu? Porque dormi ao volante?... Espera aí! Eu dormi ao volante, o carro capotou e vim parar neste lugar... Muita calma nesta hora! Eu não sei dirigir, eu não tenho carro e da última coisa que lembro é que cheguei a casa após uma grande cervejada e me joguei na cama... Meu Bonje! Eu estou sonhando... Ufa! Ainda bem que é um sonho, sendo assim vou até a birosca “Porta do Inferno” só para saber como é o outro lado... Fui! Depois eu conto o que vi por lá...

Gastão Ferreira/2012

Nenhum comentário: