terça-feira, 6 de dezembro de 2011

FELIZ 2012...


EU SOU O ÚLTIMO...

2011 foi de taxi buscar na maternidade de Pariquera o sucessor; - “É uma vergonha! Até quando seremos obrigados a pegar noutro município nossos infantes?Parece que foi ontem que 2010, velho e cansado me levou deste mesmo local! Cheguei cheio de sonhos e estou partindo de mãos vazias... Fui feliz? Não sei! Enfrentei uma epidemia de Dengue, vi as árvores da Beira do Valo serem destruídas, a Porcina ser grilada, as obras da Barragem paralisadas, cavalos pastando pelas praças, os prédios antigos não serem reformados... Muitas promessas não cumpridas... Meu Bonje! Coitada desta inocente criança que está chegando.

- Hei tio! To aqui.

- 2012 meu garoto! O que é este monte de badulaques?

- São presentes de boas vindas! Mal nasci e já estão me comprando, sou um ano diferente, esqueceu?

- Por Cronos! O guri nem saiu do berçário e já querem corrompê-lo. Que vergonha!

- Quáquáquá... Tio! Quando a cegonha chegou tinha seis pretendentes ao cargo de prefeito querendo se apossar de mim e uma multidão de candidatos a vereadores cantando parabéns... Gostei! Gente fina este pessoal.

- Pobre 2012! Um ano eleitoral. Suba no taxi e nem pense em colocar no carro estas bugigangas...

- Tio, são mimos dos meus fãs!

- Menino tolo! São promessas. Contas de luz atrasadas, pedidos e mais pedidos em troca de votos... Esquece estas coisas, não dão futuro a ninguém. Venha para o taxi que o caminho é longo!

Durante o percurso de Pariquera a Iguape, 2011 teve tempo de analisar o infante 2012. Um guri serelepe, muito esperto, cheio de Amor e confiança no futuro, com tudo para dar certo... Sempre fora assim! Toda a chegada de um Novo Ano, a esperança se renova...

- Tio! Tá pensando em quê?

- Em você garoto! Seu reinado não será nada fácil. As coisas poderão mudar ou piorar e não depende de você...

- Eu vou mandar e ninguém vai me impedir...

- Tolice menino! As mudanças dependem das pessoas e elas são especialistas em estragarem o próprio futuro...

- Como assim tio? Estragarem o próprio futuro!

- As escolhas que elas fazem são fundamentais para que possam ocorrer mudanças e a maioria dos indivíduos só pensam em si mesmos e não na cidade onde vivem...

- Tio! O senhor já está com o pé na cova e amargurado pelas poucas conquistas de seu reinado...

- Qualé garoto! Me tirando?

- É que espiei a sua ficha... Eram esperadas muitas mudanças e nada aconteceu. Não fique magoado, vim preparado para enfrentar tudo isto!

- Me poupe criança! Acho que é assim mesmo que funciona... Chegamos cheios de confiança, entusiasmo, boa vontade e depois caímos na real e tudo vira rotina...

- O senhor tá mesmo gagá, hem tio! Nem notou que sou diferente.

- Diferente! Diferente como?

- Minha cor é mais avermelhada, sou um curumim, um indiozinho...

- É verdade! Você deve ser um Ano especial.

- Sou 2012 o último Ano do calendário Maya!

- Meu Bonje! O Ano do fim do mundo...

- Sim! E não vou buscar ninguém em Pariquera no dia 31 de dezembro de 2012. Eu acabo em 12-12-2012...

- Meu Deus! Eu vou perder esta festa...

- Viu! Eu serei muito especial... Depois de mim uma Nova Era. Quem sobreviver verá!

- Meu garoto!

Gastão Ferreira/2012

Nenhum comentário: