terça-feira, 20 de julho de 2010

ESMOLAS DEMAIS


ESMOLAS DEMAIS

Naquele lugar secreto onde os Santos se reúnem o ciúme pegou:-“ Como é que pode? Desconhecemos esta figura que nunca fez parte do time titular. Agora uma cidade inteira pedindo favores, intercessão, milagres!Alguém aqui presente pode elucidar tal mistério?Cada um de nós teve um passado de dores, lutas, provas de absoluta fé, muitos foram jogados aos leões, outros queimados, apedrejados, martirizados e esse tal São da Tia! O que ele fez? O que aprontou para merecer tamanha devoção?”
Estavam os Santos nesse tititi quando um mensageiro chegou:- “Novas noticias do fronte, o amado São da Tia fez novos milagres!”
-” Quais milagres fez o tal santinho?” Perguntou desdenhosamente um velho Santo já de há muito esquecido.
- Alguém ganhou do nada uma nova televisão. Um infante assanhado passou a ser a figura de proa da patroa a distribuir favores a quem lhe beija a mão. Uma garota um tanto avoada, cuja maior preocupação era ser amada descolou um alto cargo do dia para a noite sem ter a mínima formação. Quem nunca saiu daquele fim de mundo, num passe de mágica viaja de avião, outros passam férias em luxuosos transatlânticos sem gastar um tostão.
- Oh! Quando a esmola é demais até os Santos desconfiam. Que será que move a essa bondade sem limite esse novo irmão?Afinal! Quem é o São da Tia? Qual foi a sua trajetória para a perfeição?Senhor mensageiro, pode nos esclarecer sobre essa questão?
- Não sei bem a história, mas parece que não é natural da cidade. É da proximidade disso tenho certeza, talvez de uma cidade vizinha. O interessante é que no local de onde veio jamais fez um reles milagre, nem mesmo um bem simples como transformar a água em vinho, ressuscitar um afogado, curar um aleijado ou salvar uma criancinha de ser devorada por uma onça feroz.
- Estranho! Esse comportamento não é normal. Adoramos aparecer para o povo local, basta olhar nossa biografia; - Assis, Pádua, Cássia, Calcutá, foram residências oficiais de alguns dentre nós. Senhor mensageiro poderia nos elucidar sobre tais fatos?
- Peço desculpas ao Santo Velho, mas não posso me demorar. Na lista de amigos do santinho estão Anjos e Arcanjos, é bem provável que já tenha a seu favor Serafins e Querubins. Estão vendo esses envelopes, são cheques ao portador, os pequenos milagres desse novo amigo ao qual devo favor.
- Como assim mensageiro! Você se vendeu?
- Antes quando eu vinha lá da Terra passava por um longo protocolo, bisbilhotavam até minha agenda particular. Agora entro e saio à hora que bem quero sem dar satisfação. Estou num novo negócio, ganhei uma promoção, o meu santinho veio prá ficar. Ninguém quer vir pro céu virar anjinho, a nova moda é ter dinheiro de montão. Adeus caráter, ética, moral. Quem manda é o vil metal, quem pode compra a quem quer se vender. A única exigência do corruptor é que o corrompido fique calado e o defenda da lei. Hoje existem novos santos de montão. Passar bem! Lembranças ao Patrão.

Gastão Ferreira

Nenhum comentário: