sábado, 15 de maio de 2010

INFÂNCIA


INFÂNCIA

Fui eu o menino que domou o Dragão!
E foi com ele que eu conheci o mundo...
Era um tempo de aventura e muita ação
Do alto do monte ao abismo mais fundo

Com meu Dragão eu nunca tive medo
Era meu amigo e enxergava no escuro
Partilhava a vida e voava em segredo
Eu nem sabia que existia o futuro...

Conheci a Sereia e a Iara mãe do rio
Curupira... Boi Tatá e um Saci Pererê.
Vi a Fada Madrinha tremendo de frio
Coisas em que hoje mais ninguém crê

Um dia o Dragão foi embora e não voltou
E eu nunca mais voei... Tornei-me adulto
Jamais esqueci o que ele me contou...
Repare naquela nuvem! Parece um vulto.

É o meu Dragão que lá de cima espia
A procurar o menino que fui eu...
Estou aqui Dragão! É fim de dia
Vem me salvar Dragão amigo meu!

Devolve a minha alegria de criança...
Põe nos meus olhos novamente a luz
Afasta da minha vida a desconfiança
E para aos céus de novo me conduz!

Gastão Ferreira

Nenhum comentário: