domingo, 28 de fevereiro de 2010

JURAMENTO





JURAMENTO

Depois de tantas tristezas
Ausência dor e maldade...
Negras horas de incertezas
E os suspiros da saudade.

Quero esquecer o desgosto
Pois não é bom conselheiro
E sentir de novo o gosto
De me encontrar por inteiro

Quero viajar pelos sonhos
Que surgem no fim do dia
Curtir momentos risonhos
Me embriagar de alegria...

Viver a vida contente...
Sem ver em tudo pecado
Meu coração indolente
Que por amor foi marcado.

Pois todo o ressentimento
É um peso prá carregar...
Fiz um novo juramento
Não quero mais me magoar!

Gastão Ferreira

Nenhum comentário: