terça-feira, 5 de janeiro de 2010

MÃE DE SANTO


MÃE DE SANTO

Inicio de Ano e todo o mundo fica curioso para saber como serão os próximos 365 dias. Dona Cidinha foi consultar dona Zilda a famosa vidente e mãe de santo de Santos, agora despachando em nossa cidade das oito as vinte e duas horas.

Dona Zilda ficou conhecida entre nós ao desvendar o mistério do desaparecimento da esfinge do Papa e através das artes mágicas obrigar a guardiã da placa a recolocá-la. Consultada sobre a placa Albert Camus não quis tecer comentários, alegando que forças estranhas interferiam e que a turma da escuridão protege o pilantra e ladrão que se apossou desse patrimônio público, não soube informar se foi um homem, mulher ou etc. quem roubou a placa comemorativa. Conseguiu através de seus fantásticos dons descrever uma parede e a moldura onde a placa foi fixada, soltou um grito lancinante e a única palavra que proferiu foi: ”- Não acredito!”, desmaiou e o assunto virou tabu.

Mãe Zilda como prefere ser chamada nossa vidente previu que o ano de 2010 trará muitas novidades difíceis de serem aceitas, mas vamos aos fatos:- 2010 pelo menos em nossa cidade não será regido por um Orixá e sim por um novo e milagroso santo, SÃO DA ILHA, um santo cultuado no escurinho e especialista em presentes caros a seus devotos. Os preocupados com a preservação do patrimônio histórico podem dormir sossegado, o único a pagar o pato foi o belo coreto e as casas modernas no entorno da praça central continuarão destoando dos antigos casarões. Os mendigos conseguirão uma importante vitoria e serão tombados. Os habitantes do município farão sua parte, pois toda a infração cometida no centro histórico reverterá em cestas básicas aos pedintes e quem visitar a orla marítima pagará uma taxa destinada à compra de água que passarinho não bebe para uso exclusivo dessas criaturas que só embelezam nossa cidade.

Mãe Zilda previu que algumas pessoas de ética questionável conseguirão engambelar os tolos com tapinhas nas costas e promessas de melhoras caso votem em seus candidatos para cargos federais.

Uma nova ONG propiciará a seus fundadores todos os sonhos de consumo. A barragem será concluída e alguns novos monumentos serão erigidos:- Uma manjuba de concreto ao custo de R$145.000,00 enfeitará o porto da antiga balsa. Duas mãos postas em oração substituirão o símbolo que está sobre o monumento da praça central, ao custo de R$149.999,99 e será uma merecida homenagem às “mãos limpas” de nossos munícipes.

Dona Cidinha pagou a contra gosto a consulta. R$50,00 desperdiçados, pois a vidente não detectou nenhum milionário em sua vida, nem viagens ou dinheiro aparecendo do nada, mas esperta como é foi correndo para seu barraco e acendeu uma vela ao São da Ilha e humildemente pediu sua filiação. Quem viver verá! Dona Cidinha terá um 2010 muito feliz.

Gastão Ferreira

Obs. – Esse texto é ficção. O São da Ilha não existe, mas nunca se sabe, fica aqui o meu singelo pedido:- Meu São da Ilha interceda por mim! Não deixe que nada de mal ocorra comigo em 2010.

Nenhum comentário: