sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

CHUVA


CHUVA

Oh chuva que está caindo!
Lavando a alma da Terra...
Um temporal é bem vindo
Nesse tempo de espera...

Que possam nascer as flores
Onde a semente brotou...
Que possam brotar amores
No coração que secou...

Que um dia a felicidade
Possa chegar até nós.
E transforme em bondade
A ganância mais atroz.

Que a luz vença o escuro
Que o sol volte a brilhar
E que num breve futuro
Iguape possa cantar...

Que essa canção adormeça
A dor que o povo abate...
Que essa canção aconteça
Antes que o tempo nos mate!

Gastão Ferreira

Nenhum comentário: