segunda-feira, 5 de outubro de 2009

FORMIGUINHA


FORMIGUINHA

A Formiga batalhou a vida inteira. Era um exemplo a ser seguido. Os pais diziam aos filhos:- Façam como a Formiga! Não tinha nada, mas acreditou na força do trabalho e de folha em folha ganhou posição e fortuna.
Todos entoavam loas à esforçada Formiga. Devido ao prestigio alcançado, os Tamanduás, Tatetos, Onças, Veados, Quatis, Macacos, Urubus e Serpentes, em fim quase a totalidade dos habitantes da floresta indicaram a Formiga para representá-los.
A Formiga abraçou a idéia e percorreu tocas, buracos, ninhos e lagos:- Tenho as patinhas limpas! Sou toda amor e meu sobre nome é honestidade! Dizia. Fez promessas, discursos, chorou em público e na privada. Conquistou corações e mentes, foi à grande vencedora.
Os animais da floresta ansiavam por reformas, segurança, progresso e transparência. O ultimo representante, o Raposão, fora afastado do cargo por improbidade, ou seja, por roubo e maracutaias. Agora sim! A honestidade, bom senso e amor vão trazer e fazer as mudanças tão esperadas. Diziam.
A Formiga manteve a mesma estrutura do governo anterior, delegando mais poderes as Raposas suas subordinadas e herdeiras do grande Raposo defenestrado. Os bichos da floresta continuavam confiantes:- Não tem problema! A Formiga sabe o que faz. Tem ética e estamos em boas patinhas.
Quase um ano após assumir a chefia nada mudou na floresta, mas muita coisa mudou para a Formiga; - Conheceu muitos reinos, viajou de avião, helicóptero, foi apresentada ao grande Formigão, freqüentou bons restaurantes, ótimos hotéis e fez turismo com os amados Raposos de sua equipe.
Hoje mal cumprimenta velhos amigos, anda com seguranças e aí de quem ousar fazer uma observação a suas atitudes. Nomeou uma raposinha nervosinha como pau-mandado para xingar os desafetos e insultar os críticos de sua fantástica administração.
Quem diria a Formiga enganou os animais da floresta que tanto confiaram em seu passado íntegro. Agora estão propensos a escolherem uma Cigarra a fim de substituí-la. A Cigarra tem fama de boa vida e gostar de cantar, mas quem sabe ao assumir um compromisso perante o reino, mude o comportamento... A Formiga mudou!

Obs.:- Isso é uma fábula, não serve de carapuça, os personagens são fictícios. Qualquer semelhança com a realidade é mera especulação e maldade.

Gastão Ferreira

Um comentário:

ANTONIO REIS disse...

Muito bom. será apenas mera fantasia?