sábado, 5 de setembro de 2009

O ANEL

O ANEL

I – MIRIAM
Miriam encontrou o anel na calçada. Quem o teria perdido? Uma jóia cara de boa qualidade. Colocou-o no dedo e seguiu seu passeio, mais tarde o mostraria a seu noivo. Hoje é um dia especial, dia de marcar a data do casamento. Estaria preparada para a vida a dois?Pedro era confiável a ponto de dividir seu futuro com ele?Por que tantas dúvidas? Nunca as tivera, sempre acreditou amar sinceramente seu noivo! Que estava acontecendo com ela?Seria a emoção de marcar a data?
,
II – PEDRO
Pedro amava sua noiva, disso tinha absoluta certeza. Sentia-se desconfortável nesse momento, de uma hora para outra a idéia de casar o assustava. Era algo vago, um pressentimento de que estava arriscando seu futuro, um aviso de perigo iminente. Precisava refletir melhor, telefonaria a Miriam e marcaria outro dia para escolherem a data.

III – SONHOS
Miriam deitou contrariada, Pedro estava estranho e reticente. Custou a dormir. Uma sombra de mulher gritava ao lado da cama; - Ele te trai!Não te ama!Olha como estou! Meu noivo fez isso comigo. A bala atingiu meu coração e eu não merecia isso. Eu confiava e era feliz! Veja como estou... Veja como estou!Ele tem que pagar o que fez! Eu quero vingança... Eu quero vingança!

IV – LOUCURA
Pedro atendeu a porta, era sua noiva. Três tiros e ele tombou sem ouvir o quarto disparo. Miriam atingira a própria cabeça e teve morte instantânea. A policia foi acionada, uma ambulância socorreu Pedro que conseguiu ser salvo e o corpo de Miriam encaminhado ao IML para autópsia.

V – O ANEL
Um investigador procurou Pedro. Queria saber onde comprara o anel de sua noiva. Pedro nunca vira tal jóia. O policial estava transtornado, era a quinta noiva que tentava matar o noivo e cometia suicídio em menos de um mês e todas elas possuíam o mesmo anel. Como podia uma jóia guardada no cofre da delegacia desaparecer e reaparecer com as vitimas?Qual o negro segredo por trás de um anel de noivado?O que estava ocorrendo?Pedro jamais ficou sabendo.


Gastão Ferreira

3 comentários:

mayradesouzamartins disse...

q anelzinho danado hein...rsrsrs, amei essa história.

claudio disse...

Nossa senhora...
isso me lembrou uma história que minha vó me contou há muito anos....
essa históira foi demais. simplesmente adorei.

cloud-estranho disse...

o claudio é o estranho, ou o cloud estranho^^.