segunda-feira, 10 de agosto de 2009

PAU MANDADO


PAU MANDADO

Tem quem mostre na face a fidalguia,
Tem quem tema o espelho da verdade.
Tem quem vista as inúteis fantasias
Que rondam pelas noites da cidade!

Desde que mundo é mundo, governantes
Fazem o que querem e desprezam o povo
Bebem do bom e melhor, tais ruminantes
Querem que o pobre sempre coma ovo...

Assim naquele reino, um insolente...
Um beija toda mão que está no pódio
Pensava ser melhor que muita gente
Vivendo e alimentado um negro ódio.

Se achava um maioral, sempre agastado,
Um vil cachorro sonhando ser um lobo
Da rainha capacho, um pau mandado,
Todo o rei que se preze tem um bobo!

Gastão Ferreira

Nenhum comentário: