quarta-feira, 22 de julho de 2009

DE TUDO INVENTO


DE TUDO INVENTO

O amor é tudo
Tudo no meu tempo.
No criado mudo
Teu retrato invento...

Somos dois amantes
Amando de mais
Em mares distantes
Campos e trigais.

Navegando sonhos
Lendo pensamentos
Olhares risonhos
Cabelos ao vento.

Conhecendo estradas
Dormindo ao relento.
Tão longa é a jornada
Teu amor?... Invento.

Pela sala ao lado
Em janela aberta
Um vento gelado
Eu sou o deserto!

GASTÃO FERREIRA/2009

Nenhum comentário: