segunda-feira, 13 de julho de 2009

AI QUEM ME DERA


AI QUEM ME DERA

Ai quem me dera não sofresse tanto
Por carregar essa ilusão sem fim...
Ai quem me dera não perder o encanto
E crer nos outros e muito mais em mim...

Ai quem me dera eu pudesse um dia
Abrir janelas, portas e quintais...
Rever uma vez mais os risos e alegria
Que já partiram e não voltam mais...

Ai quem me dera partilhar o sonho
Matar a fome... Expulsar a dor...
E ser feliz e nunca mais tristonho
Pintar meu mundo de uma nova cor!

Ai quem me dera ter tantos amigos
Pra dividir meu sonho e meu amor!
E pelas trilhas caminhar comigo...
Na tarde mansa, primavera em flor!

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/2009

Nenhum comentário: