quinta-feira, 7 de maio de 2009

EXISTIR


EXISTIR

ESTA SAUDADE EM MEU PEITO
TÃO MANSINHA QUE ELA VEM.
SOLUÇA... CHORA E SEM JEITO,
CHAMA TEU NOME:- MEU BEM!

NA TARDE CALMA E SERENA
FALTA A MEU LADO TUA VÓZ!
OH! COMO A VIDA É PEQUENA
QUANDO VIVEMOS TÃO SÓS...

SOZINHO EM MEU PENSAMENTO
TRISTE ÓRFÃO EM SOLIDÃO,
SINTO UM MURMÚRIO NO VENTO
DENTRO DE MIM... ILUSÃO!

ESTA SAUDADE TÃO MINHA
NÃO SEI COMO DIVIDIR...
EM MEU PEITO SE ANINHA,
ENQUANTO AMOR EXISTIR!

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/2009

Nenhum comentário: