segunda-feira, 27 de abril de 2009

OUTRO PASSEIO DA PRINCESA


OUTRO PASSEIO DA PRINCESA

A PRINCESA DO LITORAL, 470 ANOS, RESOLVERA VISITAR A CIDADE E APÓS UMA BREVE PARADA NO FAMOSO PORTAL, JUNTO COM SEU SECRETÁRIO DIRIGIRAM-SE AO CENTRO DO BURGO:- VAMOS JOSEPHUS, SEGUIREMOS PELA AVENIDA PRINCIPAL.
A CARRUAGEM DESCIA A GRANDE AVENIDA. A PRINCESA ORGULHOSA PELO PROGRESSO QUE NOTAVA, TECIA SEUS COMENTÁRIOS:- QUE MARAVILHA! ASFALTO! ISSO AQUI ERA UM BREJO ESCURO HÁ POUCOS ANOS ATRAS! COMO AS MUDANÇAS CHEGARAM NUMA BOA HORA! QUERO REVER O CENTRO HISTÓRICO, MAIS RÁPIDO JOSEPHUS!
JOSEPHUS:- NÃO POSSO MAJESTADE! A VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA É DE 40 km POR HORA, A SENHORA QUER SER MULTADA?
PRINCESA:- NEM PENSAR! NOOOOSSA QUANTOS SUPERMERCADOS, LOJAS, POSTO DE GASOLINA, DISTRIBUIDORAS DE GÁS, BARES E RESTAURANTES! REALMENTE POR AQUI MUITA COISA MUDOU PARA MELHOR...
JOSEPHUS:- É VERDADE! DE VINTE ANOS PARA CA HOUVE UMA MUDANÇA ESPETACULAR. NOVOS BAIRROS COM BELAS CASAS, MUITOS CARROS E MOTOS, RUAS PAVIMENTADAS. PRONTA ALTEZA? CHEGAMOS AO CENTRO HISTÓRICO, ESTA É A VELHA PRAÇA DA MATRÍZ!
PRINCESA:- NÃO ACREDITO! ONDE ESTÃO AS CENTENÁRIAS ÁRVORES?
JOSEPHUS:- UM ALCAIDE, NÃO NATIVO, AS EXTERMINOU.
PRINCESA:- MEU DEUS! AS MINHAS VELHAS ÁRVORES QUE TORNAVAM ESTA PRAÇA TÃO BELA, TÃO DIFERENCIADA! QUE DAVAM SOMBRA E ABRIGO A TANTOS PÁSSAROS! E ESSES BURACOS ALI! O QUE SÃO?
JOSEPHUS:- FOI O LOCAL ONDE COLOCARAM AS CRUZES NA ÚLTIMA PAIXÃO DE CRISTO AO VIVO...
PRINCESA:- ESSES ARTISTAS SÃO MUITO CORAJOSOS, NÃO TEMEM A MALDIÇÃO AO BONJE!
JOSEPHUS:- QUE MALDIÇÃO AO BONJE?
PRINCESA:- É UMA HISTÓRIA MUITO ANTIGA E COMEÇOU COM AS SIBILAS DA BARRA DO RIBEIRA...
JOSEPHUS:- CONTA MAJESTADE, CONTA!
PRINCESA:- AS SIBILAS FOI UM GRUPO DE MULHERES FEITICEIRAS, ALGUMAS AFRAS OUTRAS INDÍGENAS, VOLTADAS PARA A MAGIA NEGRA...
JOSEPHUS:- MEU BONJE!
PRINCESA:- ISSO MESMO! MEU BONJE! POIS NÃO É QUE RESOLVERAM AFRONTÁ-LO SE INTITULANDO GUARDIÃS DE ALCAIDES E CORRELATOS. CADA ALCAIDE QUE ASSUMIA O MANDO, TINHA SEU GRUPO DE MAGAS, PAGAS A CUSTA DO CONTRIBUINTE, QUE GARANTIAM O PODER DAS SOMBRAS AO OCUPANTE DO CARGO.
JOSEPHUS:- PODER DAS SOMBRAS?
PRINCESA:- SIM! QUANDO O ALCAIDE NÃO ERA BEM INTENCIONADO E PARTICIPAVA DE MUITAS MARACUTAIAS, ACENDIA UMA VELA A DEUS (PERANTE TODO O POVO CARREGAVAM ANDORES, PORTAVAM VELAS BENTAS, REZAVAM CONTRITOS) E NO ESCURINHO ACENDIAM MUITAS OUTRAS AO DIABO...
JOSEPHUS:- OUTRAS?
PRINCESA:- VOCE NÃO IMAGINA QUANTA MACUMBA ROLOU PELAS ENCRUZILHADAS, QUANTA GALINHA PRETA DEGOLADA, QUANTO MARÁFO!
JOSEPHUS:- E RESOLVERAM SEUS PROBLEMAS?
PRINCESA:- PERGUNTE A HISTÓRIA E VEJAM QUANTOS DELES MORRERAM DE DOENÇAS MALÍGNAS, ENFARTOS, LARGADOS EM ASILOS E DIZEM QUE ATÉ MESMO ASSASSINADOS.
JOSEPHUS:- MEU BONJE! NÃO VALEU A PENA
PRINCESA:- NÃO VALEU MESMO! MAS ÊLES NUNCA APRENDEM...
JOSEPHUS:- E COMO TERMINOU TUDO ISSO?
PRINCESA:- FOI UMA GUERRA DAS TREVAS CONTRA A LUZ, DURARAM SÉCULOS, COM A CHEGADA DO BONJE A SUA MORADA, ACREDITAMOS QUE ELE PRÓPRIO INTERVEIO PARA O EXTERMÍNIO DAS FEITICEIRAS DA BARRA DO RIBEIRA. SÓ SEI QUE COM O PODER DIVINO QUE DETÉM, ACABOU PREVALESCENDO A LUZ, MAS ELE PAGOU UM ALTO PRÊÇO POR TAL VITÓRIA.
JOSEPHUS:- O BONJE PAGOU UM PRÊÇO?
PRINCESA:- SIM! NA BATALHA FINAL CONTRA AS FORÇAS DO MAL, AS BRUXAS LANÇARAM UMA TERRÍVEL MALDIÇÃO...
JOSEPHUS:- QUE MALDIÇÃO FOI ESSA?
PRINCESA:- ESSA MALDIÇÃO FICOU CONHECIDA COMO “A MALDIÇÃO AO BONJE” E DIZIA QUE TODOS AQUELES QUE QUIZESSEM PASSAR POR DEUS POLITICAMENTE OU IMITAR SEU AMADO FILHO, PAGARIAM EM DOR E LÁGRIMAS TAL OUSADIA.
JOSEPHUS:- COMO ASSIM? EM DOR E LÁGRIMAS!
PRINCESA:- MORRERIAM EM ACIDENTES, FICARIAM GORDOS E CARECAS, PERDERIAM O EMPRÊGO OU SERIAM MORTOS POR UM RÁIO QUE OS PARTA.
JOSEPHUS:- E ISSO CHEGOU A OCORRER?
PRINCESA:- PRESTE ATENÇÃO NA HISTÓRIA JOSEPHUS!
JOSEPHUS:- É... A MALDIÇÃO AO BONJE É FATAL!
PRINCESA:- AINDA BEM QUE SOU POLITICAMENTE CORRETA, NUNCA MENOSPREZEI NINGUÉM, NÃO FAÇO CARAS E BOCAS, NÃO TORÇO O NARÍZ PARA OS MENOS FAVORECIDOS E NEM AGRIDO MEUS SÚDITOS. AMO MEU POVO. QUERO VER MINHA CIDADE PROGREDIR SEM ME UTILIZAR DE ARTIMANHAS, COM HONESTIDADE E TRABALHO. UM DIA AINDA SEREI RAINHA, AFINAL SOU PRINCESA HÁ 470 ANOS, AINDA CHEGO LA, POIS A ESPERANÇA ,DIZEM, É A ÚLTIMA QUE MORRE E MEU SOBRENOME É ESPERANÇA.


GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/2009

Nenhum comentário: