segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

TRISTEZA


TRISTEZA



AÍNDA TEM O TEU CHEIRO
AÍNDA TEM O TEU GOSTO,
A FRONHA DO TRAVESSEIRO
A BELEZA NO TEU ROSTO...


O TEU OLHAR DIVERTIDO
NO ESPÊLHO DO BANHEIRO
FICOU ALI ESCONDIDO
NO MEU SORRISO FACEIRO.


ESSAS COISAS TÃO PEQUENAS
MARCAM COM PROFUNDIDADE
MAIS QUE PALAVRAS AMENAS
NOS SUSPIROS DA SAUDADE...


AGORA A CASA VAZIA...
VIVE CHAMANDO POR TI!
SEJA DE NOITE OU DE DIA,
A TRISTEZA MORA AQUI!



GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/2009

Nenhum comentário: