terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

ESTAÇÕES


ESTAÇÕES

O TEMPO MARCOU AOS POUCOS
NO MEU ROSTO O MEU VIVER.
ENTRE SORRISO E DESGOSTOS
TANTO AMAR... TANTO SOFRER...


NA PRIMAVERA DOS SONHOS
ERGUI CASTELOS NO AR
DESMORONARAM TRISTONHOS
DEIXANDO A DOR NO LUGAR...


E NO VERÃO DAS PAIXÕES
QUANTOS VERSOS ESCREVI!
TANTO TEMPO! E AS CANÇÕES
AÍNDA CHAMAM POR TI...


AGORA OUTONO DA VIDA...
O MEU CABELO A BRANQUEAR
A TUA SAUDADE ESQUECIDA
VEM AQUI ME RECORDAR...


O INVERNO ESTÁ CHEGANDO
OUTRO RUMO EU VOU TOMAR
MAS EU SEGUIREI CANTANDO
ENQUANTO O TEMPO DEIXAR!


GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP-2009

Nenhum comentário: