quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

VIDA SEM VIDA


VIDA SEM VIDA


POR TRÁS DE VIDROS
ESPIAM A RUA
A ALMA TORTA
TUDO INSINÚA...

MEDO DE VIDA
MEDO DE AMAR
VIDAS SOFRIDAS
VIDA A SECAR...

NOS OLHOS BAÇOS
INVEJA PURA
SEGUEM OS PASSOS
DAS CRIATURAS

RAPINAM SONHOS
DENIGREM GENTES
NA SALA ESCURA
DE SUAS MENTES

SE SENTEM SALVOS
NA ESCURIDÃO
MAS ESTÃO MORTOS
NESSA PRISÃO...

INVEJAM TUDO
INVENTAM AMORES
MATAM DESEJOS
COM SEUS TEMORES

REZAM AOS SANTOS
PEDINDO PÁZ...
CRAVAM PUNHAIS
EM SEUS IGUAIS...

SÃO MORTOS VIVOS
SEMPRE FAMINTOS
PARE NO TEMPO!...
OUÇAM SEUS GRITOS

PEDEM SOCORRO
NUNCA O PERDÃO
SE ACHAM CERTOS
NA CONTRAMÃO...

E A VIDA COBRA
O SEU QUINHÃO
E O PRÊÇO PAGO?
É A SOLIDÃO...


GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: