terça-feira, 23 de dezembro de 2008

UM OLHAR


UM OLHAR

Que vêem meus olhos no espelho?
... A imagem tão antiga, sempre eu.
Que diz? – Qual será o seu conselho
Aquele que desde sempre conheceu!

Cada ruga uma lembrança, uma cilada
Que a vida armou e o tempo cometeu,
São as marcas de tantas caminhadas...
Das punhaladas que do mundo recebeu

São névoas hoje suspensas na memória
Um sorriso...uma dor...algum lugar...
Um livro... um alguém... restos, história

Que guardei para um dia relembrar...
Uma vida passando em minha glória
É o que vê o espelho em meu olhar...

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: