terça-feira, 9 de dezembro de 2008

UM MILAGRE NA PÁSCOA


UM MILAGRE NA PÁSCOA

JAMAIS ME ESQUECEREI DA PÁSCOA DO ANO DOIS MIL. PAPAI COMO SEMPRE ANDAVA DESEMPREGADO. MEUS IRMÃOS GÊMEOS GODÃO E TUTÉCO, OS ÚNICOS TRABALHADORES NA FAMÍLIA, ESTAVAM TENDO DIFICULDADES NA COLETA DIÁRIA DE LATINHAS DE ALUMÍNIO PARA REVENDA, E VIVIAM RECLAMANDO PARA MAMÃE CLEIDE:- VEJA SÓ MAMÃE! QUE VERGONHA... NINGUÉM BEBE NESSA CIDADE, ONDE VAMOS PARAR ASSIM?
DONA FATIMA, A PROPRIETARIA DA PADARIA, PERDERA SEU CACHORRO DE ESTIMAÇÃO “TANDY” E TODOS OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO DO MUNICÍPIO NOTICIAVAM QUE A INCONSOLÁVEL SENHORA DARIA UM PRÊMIO A QUEM DESCOBRISSE O PARADEIRO DE SEU QUASE FILHO. AS RÁDIOS PIRATAS, AS SENHORAS VINTE E QUATRO HORAS NAS JANELAS E OS FOFOQUEIROS DE BARES E ESQUINAS, OBSERVAVAM AVIDAMENTE DE SEUS PEQUENOS FEUDOS A BUSCA PELO CÃO FUJITIVO.
MAS QUAL NÃO FOI A MINHA SURPRESA AO DEPARAR-ME COM “TANDY” ATRÁS DO VELHO MERCADO. ATÉ ESQUECI OS CARROS QUE ESTAVA GUARDANDO PARA UNS TURISTAS E AMARRANDO O CÃO COM UM PEDAÇO DE CORDA QUE PEGUEI EMPRESTADO EM UM BARCO, LEVEI-O ATÉ A PADARIA. DONA FATIMA, ANTE A ALEGRIA DO REENCONTRO, ENTRE GRITOS E LÁGRIMAS, NÃO REPAROU EM MINHA MÃO ESTENDIDA, TALVÊZ POR ESTAR POR DEMAIS OCUPADA RETIRANDO A ÁGUA QUE HAVIA INVADIDO SEU ESTABELECIMENTO COMERCIAL, POIS CHOVERA ALGUMAS HORAS ATRÁS.
VOLTEI PARA CASA PENSANDO SERIAMENTE QUE NÃO VALIA A PENA SER BOM. MAS MEUS IRMÃOS ME CONSOLARAM DIZENDO QUE NA VIDA O MAIS IMPORTANTE É SER HONESTO E TRABALHADOR, QUE EU NÃO LIGASSE PARA O INCIDENTE E QUE O BONJE IRIA OLHAR POR NÓS. ALI MESMO NOS AJOELHAMOS E FIZEMOS UMA SINCÉRA E RÁPIDA PRECE.
NO DOMINGO DE PÁSCOA ESTÁVAMOS COMO SEMPRE DUROS. TINHAMOS ALGUMAS MANJUBAS GANHAS DE PESCADORES NA MORAL, ISSO É, EU FINGIA QUE ESTAVA PESCANDO, QUANDO CHEGAVA UM BARCO EU PEDIA ALGUMAS MANJUBAS PARA ISCA... NO VIGÉSIMO BARCO EU JÁ GANHARA QUASE UM QUILO E ASSIM FATURAVA, NA MORAL, A MISTURA DO DIA. PAPAI RECLAMAVA QUE POR SER FERIADO NÃO PODERIA TOMAR A “SOPINHA DOS BEBADOS”, POIS A CASA DA SOPA ESTAVA FECHADA. GODÃO E TUTÉCO ESTAVAM COM RESSACA DE TANTO JUNTAR LATINHA SÁBADO A NOITE. MAMÃE CLEIDE ESTAVA PARA LÁ E PARA CÁ NUMA TRISTEZA SÓ. EU JÁ TINHA ESPANCADO QUATRO VÊZES O CACHORRO DO VIZINHO E TAMBÉM ESTAVA TRISTE. DE REPENTE PAROU UM CARRO FRENTE A NOSSA CASA, FUI VER... ERA DONA FATIMA COM UMA CESTA CHEIA DE DOCES, PÃES, FRUTAS E UM LINDO OVO DE CHOCOLATE SÓ PARA MIM. VENDI PARA MEUS IRMÃOS OS PÃES E OS DOCES. DEI AS FRUTAS PARA MAÃE CLEIDE, QUE É VEJETARIANA E TIVEMOS UM ÓTIMO DIA. FOI ESSE O MILAGRE DE PÁSCOA QUE ME ACONTECEU E QUE EU JAMAIS IREI ESQUECER.

CHIQUINHO/PÁSCOA/2003




GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP/2003(Páscoa)

Nenhum comentário: