terça-feira, 9 de dezembro de 2008

SOMBRA


SOMBRA

Leva oh sombra o aviso
Desse sorriso cantor...
Quem sabe da eternidade
Do amor que é mais amor?

Ou da hora sem idade
Da dor que se sabe dor
Das fontes brancas da noite
Que são fontes por amor!

Amiga!... Que lago fundo
É esse que transbordou?
Que lago fundo amizade
No teu lugar se formou!

Solidão!... Oh solidão!
Se não fosse grande o amor
Como é que eu colheria
Tantas dores em teu chão?

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: