terça-feira, 9 de dezembro de 2008

PERTO


PERTO... LONGE

A noite olho as estrelas
Sonhando com teu amor
Sentindo a brisa ligeira
Zombando de minha dor

Andei pelo mundo inteiro
Correndo atrás da ilusão
Amor é fera enjaulada
Do meu peito fez prisão

Ao te procurar me perco
Não quero que seja assim
Teu amor mora em meu peito
Perto... Tão longe de mim.

Agora vou pela vida...
Passando de mão em mão
Eu sou um barco sem rumo
Sem um porto... Solidão!

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: