terça-feira, 23 de dezembro de 2008

PASSARINHO


PASSARINHO

Quando eu era uma vez um passarinho
Vagava por varandas e quintais
Tinha o mundo inteiro por meu ninho
E pensava ser livre... E nada mais

Podia ir de Iguape a Pariquéra
Ir onde o meu sonho me levar
Esconder-me na mata entre feras
E ter o céu só prá mim para voar.

Entre idas e vindas fui ousado
E em tua janela fui pousar...
E encontrei o amor tão esperado
E me perdi de mim, do azul, do mar

Eu que tinha o céu por companheiro
E entre nuvens planava sem pensar
Agora sou escravo e prisioneiro
Um cativo feliz do teu olhar...

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: