terça-feira, 9 de dezembro de 2008

NARCISO


NARCISO

Eu existo no sol
Na lua nas estrelas
Na luz do abajur
Nos campos nos trigais.
Encobertas janelas
Nos sonhos, nos teus aís
Sou parte das histórias
Gritos de socorro. Soluçar.
Um sorriso de amor...
Um gargalhar

Estrada que te leva
A música no ar
O vento que acalanta
O sonho de voar
Criança... Homem... Mulher
A ponta de uma lança
O casal que dança
A fome que te quer

Espelho! Sou toda a criatura
O cio dos animais...
Vendaval de cores e fartura
O aço frio dos punhais!


GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: