terça-feira, 9 de dezembro de 2008

MOMENTO


MOMENTO

Num momento sem idade
Dentro do tempo esquecido
Há um soluço de saudade...
Num perdão nunca pedido.

A vida brinca de morte
No aço frio dos punhais
Nos descaminhos da sorte
Nas manchetes dos jornais

No menino que namora
O quê não pode comprar
Num amor que foi embora
E sabe:- Não vai voltar!

E assim a vida passando
Por rumos tão desiguais
Um a um nos vai marcando
Com nossos próprios sinais!

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: