terça-feira, 9 de dezembro de 2008

MEU MENINO


MEU MENINO

Quem diria; - O meu menino
Que morava dentro, em mim,
Foi cumprir o seu destino
Perto! ... Tão longe de mim...

Era um menino risonho
Tão puro o seu coração
Juntava o brilho do sonho
Na incerteza da ilusão...

Foi pela vida levado...
Em homem se transformou.
Conheceu tantos pecados
Tanto caminho trilhou...

Agora volta a meu lado
Vindo de tanto sofrer,
O meu menino... Mimado
Nunca chegou a crescer!

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: