terça-feira, 9 de dezembro de 2008

A LENDA DO ZÉCA GADO


CORDELZINHO

‘A LENDA DO ZÉCA GADO’


ZÉCA GADO AO NASCER
JÁ FALOU MAL DA PARTEIRA:
MAS QUEM É ESSA MULHER
QUE TEM CARA DE PORQUEIRA?

SEU PAI ERA BOIADEIRO
E MUITO GADO ESFOLOU
E O APELIDO CERTEIRO
A SEU PIMPOLHO LEGOU

ZÉCA GADO EM MENINO
NÃO ERA BOM DA CABEÇA
A MARCA DO SEU DESTINO
É ONDE A VIDA TROPEÇA...

TROPEÇA NA CARA FEIA
NA MALDADE JÁ CRIANÇA
CUIDANDO DA VIDA ALHEIA
ROENDO O FIO DA CONFIANÇA

FOI CRESCENDO PELA VIDA
DETONANDO MEIO MUNDO
COM SUA ALMA TINGIDA
PELO FEDOR MAIS PROFUNDO

SENTADO NA VELHA ESQUINA
SÓ NAMORANDO QUEM PASSA
A TODA A GENTE INCRIMINA
COM SUA VISÃO DEVASSA...

TODO O MACACO TEM RABO
MAS QUE NEGA A ENXERGAR
O RABO DO ZÉCA GADO
RODAVA EM PORTA DE BAR...

ALEM DE SOLTAR A FRANGA
QUERIA CANTAR DE GALO
ONDE FAZIA SUA CAMA
COMIA A FRUTA NO TALO


E ASSIM A VIDA SEGUIA
PROVANDO DE TUDO UM POUCO
SÓ DO TRABALHO FUGIA
DIZENDO QUE ERA LOUCO...

E QUANDO FICOU VELHINHO
COM SUA VIDA VADIA
ELE AZEDOU O SEU VINHO
POIS TINHA A ALMA VAZIA...

QUANDO MORRER ACREDITA
DOIS CAIXÕES SÃO NECESSÁRIOS
UM PARA A LINGUA MALDITA
OUTRO PRO CORPO DO OTÁRIO

TODOS DEIXAM SUA MARCA
QUANDO PARTEM PRO DEDÉU
A MARCA DO ZÉCA GADO
SEGUE NUM POTE DE FÉL...

QUEM VIVEU A SUA SINA
DETONANDO TODO O MUNDO
VAI DESCER PELA LATRINA
DO INFERNO MAIS IMUNDO...

QUE ELE SIRVA DE EXEMPLO
A VOCES QUE AQUI ESTÃO
A NOSSA ALMA É UM TEMPLO
NÃO É UM PANO DE CHÃO...

QUE SERVE DE COBERTOR
A TODO O CARA SAFADO
QUE TENTA ESCONDER A DOR
DE TER SIDO MAL AMADO...

APONTANDO O DEDO SUJO
PARA TODA A CRIATURA
DA PPRÓPRIA SOMBRA TEM MEDO
POIS SABE QUE É LAMA PURA...

POR ISSO TOMEM CUIDADO
AO VIGIAR A VIDA ALHEIA
POIS VÃO FICAR PENDURADOS
COMO ARANHA NUMA TEIA...

PROCUREM FAZER AMIGOS
QUE POSSAM ALGO PLANTAR
E QUE SIRVAM DE ABRIGO
QUANDO A VELHICE CHEGAR



FUJAM DA NEGRA MALDADE
NUNCA ESCOLHAM O PIOR
DEIXEM MARCAS DE SAUDADE
CREIAM SEMPRE NO MELHOR

QUE NA HORA DA PARTIDA
SEJA MESTRE OU APRENDÍZ
SE DESPESSAM DESSA VIDA
DIZENDO:- EU FUI FELÍZ!

NÃO CUIDEI DA VIDA ALHEIA
DEIXEI OS OUTROS VIVER
COM SANGUE DE MINHA VEIA
EU FÍZ O MUNDO CRESCER...

MUITO AMEI E FUI AMADO
POR ENTRE SORRISO E DOR
E SEI QUE SEREI LEMBRADO
QUANDO MEU TEMPO SE FOR

FUI AMIGO DOS AMIGOS
E MUITO SONHO REGUEI
A LUZ QUE TRAGO COMIGO
COM ESFORÇO CONQUISTEI

VENCI O MEU EGOÍSMO
MEU DEMÔNIO INTERIOR
SALTEI POR SOBRE O ABISMO
MAS AO PARTIR VOU MELHOR

MELHOREI MEU PENSAMENTO
EU QUE ERA PEDRA BRUTA
TRANSFORMEI MEU SENTIMENTO
LAPIDEI-ME NESSA LUTA...

QUE PERMANEÇA NA TERRA
TUDO QUE A TERRA ME DEU
A MINHA VIDA SE ENCERRA
SÓ FICA O PÓ QUE FOI EU...

LEVO PRÁ OUTRAS ESFERAS
TUDO O QUE AQUI APRENDI
ENTRE SORRISO E ESPERAS
EU SEI! EU SEI!... EU VIVI...

SIGAM A ROTA TRAÇADA
MESMO TENDO MIL ESPINHOS
SOMOS NÓS QUE ESCOLHEMOS
O NOSSO PRÓPRIO CAMINHO...




PODE ESQUECER A MALDADE
DE TANTA GENTE MESQUINHA
SÃO OS RAMOS DA BONDADE
QUE VÃO ENFEITAR TEU NINHO...

MAS SE TUDO TE ATRAPALHA
NÃO QUEIRAS FUGIR DA CRUZ
É O SUOR DO TEU TRABALHO
QUE PAGA A CONTA DA LUZ...

EU NÃO SEI POR QUE ESCREVI
ESSA HISTÓRIA SEM CABEÇA?
VOU TERMINAR POR AQUI
ANTES QUE O GADO ENLOUQUEÇA...



GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: