terça-feira, 9 de dezembro de 2008

EVOLUÇÃO


EVOLUÇÃO

Aqui estou só de passagem
Por isso ando de mansinho
Não deixo marcas na viagem
Eu sigo a margem do caminho

Já conheci tantos lugares
De paz, de luz, de escuridão.
Navegador de tantos mares
Procuro o mapa do perdão...

Aqui eu tive que voltar
Para ficar a sós comigo
Me desprender do velho lar
Na solidão em que me abrigo

Se conseguir eu sigo avante
Terei liberto o coração...
Pois sou eterno caminhante
Na longa estrada... EVOLUÇÃO!

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: