terça-feira, 9 de dezembro de 2008

CHEGA UMA HORA


CHEGA UMA HORA

Chega uma hora na vida
Que é preciso parar
Que é preciso voltar
Medir, somar, multiplicar

Chega uma hora na vida
Que é necessário plantar
Que é necessário adubar
Semear, colher, se entregar

Chega uma hora na vida
Um momento de sonhar
Um momento só de amar
Sorrir, sofrer, apunhalar

Chega uma hora na vida
Que se cala e se consente
E eu aqui tão sonhador
E eu aqui indiferente...

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: