domingo, 14 de dezembro de 2008

CARLINHOS


CARLINHOS


CARLINHOS GOSTAVA DE FAZER EXPERIMENTOS. ERA UM GAROTO MAGRICELO, MEIO ESTRÁBICO, COM ÓCULOS FUNDOS DE GARRAFA, FEIO FEITO UM PALAVRÃO... SUA DIVERSÃO ERA A QUÍMICA.
O PAI EMBORCAVA UMAS PINGAS E BATIA NA MÃE E NO CACHORRO. A MÃE ESPANCAVA AS CRIANÇAS E O CACHORRO. O CACHORRO RASGAVA OS MÓVEIS E MORDIA AS CRIANÇAS E AS CRIANÇAS SE TRUCIDAVAM ENTRE SI.
CARLINHOS NÃO AGUENTAVA MAIS OS MAUS TRATOS DO PAI, DA MÃE, DOS IRMÃOS E DO CACHORRO. JUNTOU SEUS TROCADOS E COMPROU UMA CAIXA DE BOMBONS, LEVOU PARA SEU “LABORATÓRIO”, UM AMONTOADO DE TÁBUAS NO FUNDO DO QUINTAL, COMEU ALGUNS...
SEXTA-FEIRA PEDIU A MÃE PARA DORMIR NA CASA DOS AVÔS. A MÃE CONSENTIU, MAS NO FINAL DA SEMANA TERIA DE VOLTAR COM A VÓ E O VÔ PARA O ALMÕÇO DOMINICAL.
NO DOMINGO UM CAMBURÃO DA POLÍCIA ESTAVA ESTACIONADO FRENTE A CASA...TODA A FAMÍLIA ESTAVA MORTA. A TV ENTREVISTOU CARLINHOS, QUE AOS PRANTOS, PEDIA JUSTIÇA E PROMETIA PROCESSAR O FABRICANTE DE BOMBONS, QUE CONTAMINADOS DESTRUIRA PARA SEMPRE SUA FELÍZ FAMÍLIA...




GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Um comentário:

Rose Mori disse...

Você anda assistindo A Preferida, fala a verdade!!!Gostei muito. Beijos