quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

CANTOS DE PINDORAMA


JÁ FÁZ QUINHENTOS ANOS
QUE ESSA HISTÓRIA COMEÇOU.
PROMETEU! TROUXE A CHAMA
QUE DO OLIMPO ROUBOU...

JUNTO AOS DEUSES DA MATA
CURRUPIRA, BÔTO, ANHANGÁ...
AS YARAS E AS CASCATAS
VELAM OS OLHOS DE TUPÃ...

NUMA TERRA SEM FRONTEIRAS
SOLO FÉRTIL, CÉU DE ANIL,
CARAVELAS ESTRANGEIRAS,
APORTARAM... FINS DE ABRIL!

PECADO E PADRES CHEGARAM
COM AS NAVES VINDAS DE LÁ...
E OS MANITÚS SE CALARAM...
... ARTIMANHAS DE ANHANGÁ?

PLANTA, OURO, PEDRARÍAS...
O BRANCO TUDO A SAQUEAR.
ENQUANTO EUROPEU SORRIA
O INDIO ESTAVA A CHORAR...

ESCRAVIZARAM GUERREIROS
FILHOS DA MATA E DO CÉU...
HOMENS ONTEM ALTANEIROS
PROVARAM DO NEGRO FÉL...

DIVIDIRAM NOSSAS TERRAS.
ROUBARAM O QUE ERA MEU...
TRANSFORMARAM-NOS EM FERAS
... APAGA A LUZ!... PROMETEU...

AO RAIAR DE UM NOVO DIA
PARA AUMENTAR MINHA DOR
O SOL QUE NO CÉU ARDIA,
FECHAVA OS OLHOS DE HORROR...

DA ÁFRICA ROUBAM OS FILHOS,
DESTRUINDO SEUS CONGÁS...
SEM DEUS, SEM LUZ, SEM FAMÍLIA
... BRILHAM OS OLHOS DE ANHANGÁ!

A TRIBO DOS HOMENS NEGROS
E OS INDIOS NO SEU PENAR,
JUNTARAM SONHO E SAUDADES
AO HOMEM BRANCO, SEM LAR...

E ENTRE ERRO E ACÊRTO
QUINHENTOS ANOS PASSARAM.
QUE É QUE SABE AO CERTO
QUANTAS LÁGRIMAS ROLARAM?

FOI A NAÇÃO BRASILEIRA
QUE ASSIM VEIO A NASCER:
-E RIO, REGATO E CACHOEIRA
NO MESMO MAR VEM VIVER...


( 500 ANOS DO DESCOBRIMENTO)


GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: