terça-feira, 9 de dezembro de 2008

CANÇÃO DO VENTO


CANÇÃO DO VENTO


POIS SE A VIDA MARCA
COM FATAL DESTREZA
TANTO AS ANGÚSTIAS
COMO AS INCERTEZAS.


MARCARÁ POR CERTO
NO SORRISO TEU
O OLHAR DE AFETO
QUE BRILHA NO MEU


O VENTO QUE PASSA
PROVANDO TEU GOSTO
QUANDO ELE VOLTAR
BEIJARÁ MEU ROSTO...


E NÓS DOIS VELHINHOS
NA TELA DO TEMPO
LEMBRANDO JUNTINHOS
DA CANÇÃO DO VENTO...


POIS A VIDA MARCA
COM FATAL CERTEZA
TODAS AS VENTURAS
TODAS AS BELEZAS...


GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: