segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

brisa


BRISA

A brisa errante
Dança ao luar...
Meu peito amante
Vem abraçar...

E foge nua...
Rindo a brincar
Deixando sonhos
Mortos no ar...

Doce fantasma
Do meu tormento
Deu-me esperanças
Por um momento...

Oh ansiedade
Quando passar
Fica a saudade
Em seu lugar...

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: