terça-feira, 9 de dezembro de 2008

AMOR


A M O R

Você que de saudade me entristece
Embora vivo disperso junto a mim.
Você que em desejos me enlouquece
E se mostra feliz... Por ser assim.

Você que em mil paixões me alucina
Me fere ... Reconforta... E me redime
Você que com ternuras me domina...
Me estraga, me apóia, me incrimina.

Você que com carícias me emudece,
Igual um fero amante, vive em mim.
Me angustia, magoa... Me enternece
E adormece feliz... Por ser assim...

Você que me sufoca e me azucrina,
Você que se compõe me destruindo
Você que é minha morte, minha sina
- Amor em que me queimo e me ilumino!

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: