segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

ACONTECEU EM IGUAPE


ACONTECEU... André/Janaína

Quando o moço se jogou
Na correnteza do rio...
Teve gente que chorou.
Teve gente que sorriu...

E por trás do negro ato
Havia sombras de vozes
Foram muitas punhaladas
E elas partiram velozes...

A moça bela e formosa
Na noite da formatura
Friamente assassinada
Por amor e por loucura

Em noites claras de lua
Muita gente já os viu...
Ela sofrendo na rua...
Ele saltando pro rio...

Seus amores os perderam
Em meio à incompreensão
E criaturas tão belas
Desconheceram o perdão

Por isso rezem por elas:
- Ponham luz na escuridão
... Ela a menina beleza...
... Ele! O rei do rojão...

GASTÃO FERREIRA/IGUAPE/SP

Nenhum comentário: